Sensibilidade Dentária

A sensibilidade dentária resulta da exposição da camada de dentina (camada do dente imediatamente por baixo de esmalte) devido à recessão da gengiva, ficando a raiz exposta na cavidade oral, ou devido ao desgaste mecânico e químico de alimentos ou da escovagem.

Esta sensibilidade é curável, mas para isso é preciso que o médico dentista identifique a causa da mesma de forma a escolher a terapêutica indicada.

Desta forma se a causa da sensibilidade for uma abrasão química devido a alimentos ácidos, o paciente deve ser instruído sobre o seu consumo de forma a evitar o seu efeito lesivo. Se por outro lado a sensibilidade é provocada por erosão química devido a uma má escovagem, o paciente deve ser alertado e elucidado sobre como escovar os dentes sem provocar este problema.

Outras causas como o bruxismo e o excessivo uso de produtos branqueadores podem provocar sensibilidade, podendo ambas com a ajuda de um profissional ser tratadas de forma a resolver este problema de saúde oral cada vez mais comum.

Também a aplicação tópica de flúor nos dentes sensíveis é um importante auxilio na resolução da sensibilidade, visto levar a uma remineralização do dente, diminuindo a sensibilidade resultante da erosão.

O mais importante é não ignorar este problema pois a sensibilidade e a erosão podem levar a uma deficiente higiene oral e ao aparecimento de cáries.

Dúvidas? Envie-nos um e-mail com a sua questão para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar ou ligue para o 265 22 70 00